As boas surpresas do caminho

Conheça a campeã da VII Maratona das Praias 2017 (PE)

Irlaine Catarina Soares Rodrigues, 33 anos, mais conhecida como Irla, foi a primeira colocada geral (feminino) em sua estreia em uma maratona. Isso mesmo! Ela, que há anos sonhava ser maratonista apenas completando o mágico percurso de 42km195m, já foi logo a campeã! E detalhe: ela fez 43km e 300 metros, assim como vários atletas, no último sábado, 11 de março – havia uma diferença entre o Garmin a e marcação oficial da prova.

O detalhe curioso dessa história é que a Irla havia voltado de uma lesão e nem sabia que poderia ter a chance de completar essa maratona. Apenas dois dias antes da prova, o seu treinador, Francisco Dragone, o Kiko de São Paulo, a liberou para completar a prova. “Quando falei há mais tempo da minha vontade de fazer essa maratona, ele me disse que, se tudo corresse bem na minha recuperação, eu poderia rodar uns 30km como treino no dia da competição. Na época, ele me passou os exercícios de reabilitação e iniciamos os longos e treinos específicos para tratar logo a lesão. A cada semana fui evoluindo a ponto de poder rodar 35km – o que já estava de bom tamanho para mim”, conta Irla. “Essa maratona realmente não foi planejada. Inicialmente, ela iria apenas fazer um longo. Avisei dois dias antes para ela não ficar ansiosa. Mas eu sabia que ela completaria. Ela é muito determinada!”, conta Kiko. O apoio da família e dos amigos também é fundamental para esse tipo de competição.

IMG_8619
Quando completou os 42km195m, Irla viu o tempo em seu relógio que marcava 3h41, um pace médio de 5:14.

IMG_8625Irla no lugar mais alto do pódio da VII Maratona das Praias 2017, em Recife

 

IMG_8622Irla entre amigos. Com a Mabel (IG: @eumabinha), uma das nossas amigas da Saudável Confraria, que também concluiu a Maratona das Praias

A prova

Por causa do calor, a maratona teve a largada durante a madrugada, `as 4h, no Parque da Jaqueira, em Recife. E a nossa campeã correu sem pressão o tempo todo justamente por não ter planejado que poderia concluir a prova. Isso talvez tenha sido o seu diferencial. Conquistar algo que não estava em seus planos e acabou sendo uma surpresa para ela, para o treinador e para todos. “Corri sem olhar para o relógio. Só no Km 18, quando minha pulseira quebrou, fui olhar para ele”, conta Irla.

Segundo a atleta, o percurso é deslumbrante do início ao fim: asfalto e trechos de areia e terra batida.

IMG_8618IMG_8626

Saiba mais sobre a atleta:

Irla é de Goiás, mas mora atualmente em Recife com sua família: marido e dois filhos. Ela corre há seis anos e atualmente, desde maio de 2015, é aluna do Kiko de São Paulo. Aos 33 anos de idade, já nem sabe mais de cor quantos pódios já conquistou. Só de troféu ela tem uma coleção de mais de 35. “Disciplina e foco são fundamentais em qualquer objetivo que traçamos”, diz a atleta. A Irla também é uma querida amiga do nosso grupo motivacional Saudável Confraria e sempre contribui com suas receitas práticas e funcionais. Quem quiser conhecer mais sobre a rotina de alimentação da atleta, pode entrar no Instagram e aproveitar essas dicas @irlakat.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *